sexta-feira, 3 de junho de 2011

Máfia: O que Define o Fenómeno Mafioso?

O que define o fenómeno mafioso? Quais as características necessárias para um simples bando de rufiões se transformar numa verdadeira máfia? Segundo Francesco Forgione, um dos traços distintivos é " a aspiração ao controlo do território, no interior do qual não aceitam a influência nem a presença de outros grupos de criminosos ". John Dickie acrescenta que uma máfia se comporta como um Estado paralelo: cada família exerce o poder e aplica a extorsão às empresas e estabelecimentos comerciais da sua zona, obrigando-os a pagar o pizzo( imposto mafioso ). De acordo com o que afirmou o juíz assassinado Borsellino, " política e máfia são dois poderes que vivem do controlo do mesmo território: ou entram em guerra ou estabelecem um acordo ". Gayraud considera que analisar as máfias sob a perspectiva da marginalidade é errado. " O mafioso é um criminoso integrado na sociedade. Hoje as máfias conseguem condicionar sectores fundamentais da vida pública em cada vez maior número de países. Em muitos, é impensável vencer as eleições ou conseguir um contrato importante se se menosprezar a sua força ."

Porém, embora a máfia precise da cumplicidade do Poder para sobreviver e desenvolver parte da sua actividade na legalidade, a sua origem e razão de ser são os negócios ilegais. Tem como principal actividade a violência e a extorsão, " procura obter lucros por qualquer meio e reinveste parte das receitas na compra de advogados, juízes, polícias e jornalistas ", afirma Dickie.
Fonte: http://www.cienciashumanas.com.br/resumo_artigo_5040/artigo_sobre_mafia:_o_que_define_o_fenomeno_mafioso

Nenhum comentário:

Postar um comentário